A vídeoendoscopia de coluna, a discectomia percutânea por vídeo e a neuroendoscopia de coluna para tratamento de hérnia de disco lombar não são considerados procedimentos experimentais, conforme Parecer do Conselho Federal de Medicina (CFM) nº 39/2017.

A hidrodiscectomia percutânea, até o momento, é considerada técnica de caráter experimental, só podendo ser utilizada nos protocolos clínicos do sistema CEP/Conep.

O parecer esclarece: as técnicas, indicações, contraindicações, complicações e comentários.